Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Atividades Musicais com Idosos III



São inúmeros os comentários de leitores do blog me pedindo dicas e sugestões de atividades musicais com idosos.
Infelizmente não consigo enviar dicas e sugestões devido, principalmente, à escassez de tempo, dividido entre trabalho, filhos, casa, estudos, leituras...e o blog.

O Musica & Saúde andou bastante paradinho, já comentei aqui sobre isso. Peço desculpas e a compreensão de todos, mas agora que mudei de cidade (voltei pra minha terrinha Tatuí, -"capital da música"- embora continue trabalhando 3 dias intensivos em Osasco) acredito que consigo ter mais tempo para escrever.

Na postagem de hoje vou dar mais algumas sugestões de atividades que eu já fiz com meus grupos.
Espero que seja proveitoso!
Abraços a todos!

Telefone sem fio com instrumentos - Nesta atividade os idosos sentam-se em círculo. É escolhido um instrumento (eu gosto do pandeiro por ser leve e de fácil manuseio) e um idoso é escolhido para começar. O próprio idoso ou o dirigente da atividade  propõem uma célula rítmica simples, por exemplo 3 batidas: tá tá táa . Depois este passa o pandeiro para o vizinho que tem que reproduzir a mesma batida sem alteração. Quando todos terminarem, passa-se para outro idoso iniciar mas propondo uma batida mais complexa, se todos conseguiram realizar a anterior sem dificuldades.
Objetivo: Além de estimular a atenção e a memória, esta atividade proporciona integração social, treino motor, amplitude de movimentos e coordenação motora. O que parece simples para muitos, pode ser uma atividade complexa para idosos com comprometimento motor e/ou cognitivo.
Lembrando que a complexidade e número de batidas a serem repetidas deverá ser de acordo com a capacidade do grupo.

Grupo de Idosos Grupo Vida - Barueri
História Musical - Essa atividade eu realizei em atendimento individual, mas pode ser realizada com pequenos grupos ao longo de algumas sessões.
Numa cartolina/painel/quadro, traça-se uma linha (a linha da vida do (s) idoso (s), desde a data do seu nascimento até hoje. Pode-se fazer divisões como: Infância, Adolescência, Juventude, Casamento, Nascimento dos filhos,etc)
Em cada divisão/período é pedido ao idoso tentar recordar as músicas que ele ouvia ou o dirigente faz uma pesquisa das músicas  mais tocadas em cada período. Assim é possível registrar uma lista de músicas que fornecerão material para muitas atividades: audições das músicas listadas (que posteriormente podem ser gravadas), discussão sobre os compositores das épocas mencionadas, discussões sobre a própria história do Brasil e do mundo (ex. músicas do período da segunda guerra, política da boa vizinhança, ditadura no Brasil)

Bom trabalho!


segunda-feira, 6 de julho de 2015

A Importância da Musicalização Infantil



A Musicalização Infantil  é o processo no qual o educador se utiliza de brincadeiras, jogos e técnicas específicas para o aprendizado de música.
É através da Musicalização que a criança toma o primeiro contato com os elementos musicais e a partir das atividades, desperta o gosto pela música e pelo aprendizado musical.

Objetivos da musicalização

O objetivo central da educação musical é a educação pela música, que engloba vários aspectos do desenvolvimento humano.
A musicalização, além de transformar as crianças em indivíduos que usam os sons musicais, fazem e criam música, apreciam música, se expandem por meio da música, ainda auxilia no desenvolvimento e aperfeiçoamento da:
– Socialização 
- Alfabetização
- Inteligência
- Capacidade inventiva
- Expressividade
- Coordenação motora e tato fino
- Percepção sonora
- Percepção espacial
- Raciocínio lógico e matemático
- Estética

Educação Musical e Musicoterapia

O educador musical, quando está dirigindo uma atividade de criação em sala de aula, pode considerar que os seus objetivos foram atingidos quando seu aluno demonstra que apreendeu os conceitos abordados, que foi capaz de dar uma estrutura às suas criações com base nos conteúdos repassados pelo educador, entre outros fatores. Por outro lado, o musicoterapeuta, dependendo dos seus objetivos, ocupa-se  da postura do seu cliente como um todo, com o corpo, com a expressão fisionômica, com suas reações a determinado som ou à forma e ao conteúdo do que ele expressa através desse som (música).
 Dessa forma, seu trabalho objetiva principalmente o desenvolvimento de um processo que visa atender as necessidades dos seus alunos, sejam físicas, mentais, emocionais ou sociais. Além disso, o musicoterapeuta, com base nos seus conhecimentos específicos, terá como explicar todo o processo e como chegou aos seus objetivos.

Onde fazer:
Em Tatuí -Stimulus Terapias Integradas. Telefone 015 3251-8314
Musicoterapeutas e Educadoras Musicais: Roberta S. B. Florencio e Flávia B. Nogueira

Em Osasco - Scalla Music. Telefone 011 3682-6626 
Musicoterapeuta e Educadora Musical Flávia B. Nogueira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Blogger Templates