Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

1 º Congresso Iberoamericano de Investigação em Musicoterapia




1 º Congresso Iberoamericano de Investigação em Musicoterapia


“Desenvolvimentos e atualizações em musicoterapia”
10, 11 e 12 de Outubro de 2013
Municipio de Lousada, distrito do Porto, Portugal

Apresentação de trabalhos e pôsteres:

Poderão apresentar trabalhos e pôsteres musicoterapeutas e estudantes de musicoterapia que desejam transmitir conhecimentos sobre pesquisa em musicoterapia.

Para a aprovação do trabalho ou pôster, deve-se enviar um resumo em espanhol ou português, no formato Word, Arial 12, indicando o seguinte:

• Titulo.
• Nome(s) de autor(es)
• Palavras chave.
• Sinopse (máximo 200 palavras).
• Breve texto indicando a área onde foi realizada a investigação,objetivos da investigação e síntese dos resultados (máximo 500 palavras).
• Bibliografia utilizada (4 autores mais importantes).
• Email de contato.

A duração para cada apresentação de trabalhos será de 45 minutos, a qual poderá ser modificada conforme a quantidade de trabalhos aprovados pelo comitê científico.

Formato de Pôsteres. Os pôsteres deverão ser apresentados no formato 90 cm. x 1,20 cm. Deve-se poder ler o pôster a um metro de distância.

Data limite para o envio de resumos de trabalhos e pôsteres:: até 31 de Maio de 2013.

Para Maiores Informações Acesse http://giimt.org/2.html





segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Dia Internacional do Idoso - Quem ama cuida



Neste 1º de Outubro é comemorado o Dia Internacional do Idoso.

Refletir sobre o envelhecimento não é uma tarefa somente daqueles que vivenciam esta fase, mas de toda a população, já que a expectativa de  vida tem se elevado no mundo todo e no Brasil não é diferente. O constante aumento da população idosa sem dúvida é um ganho, mas por outro lado, levanta desafios a serem superados.

Estima-se que em 2025 a população idosa corresponderá a aproximadamente 15% da população brasileira, porém, se a família está desestruturada, essa fase pode ser vista como um problema.

O idoso e os Cuidados

Idosos saudáveis, que gozam de boa saúde física, cognitiva e mantêm relações sociais favoráveis podem não necessitar de cuidadores, mesmo em idade avançada.

Já idosos que apresentam problemas de saúde mais sérios, que impõe riscos à sua integridade física e mental, necessitam de cuidados o que geralmente gera uma série de problemas e constrangimentos não só para o idoso, mas para os familiares.

Quando o idoso não tem condições de viver sozinho, a família deve buscar alternativas menos traumáticas para todos, de acordo com o perfil e modelo de vida da família. O objetivo é que o idoso resida em segurança e o cuidador também possa gozar de uma boa qualidade de vida.

O idoso e a Instituição

Muitas famílias tem medo de encaminhar o idoso para uma Instituição de Longa Permanência - ILPI (também conhecidos como asilos, casas de repouso), pois essa opção pode parecer abandono, mas não precisa ser assim. Uma instituição pode ser a melhor alternativa quando a casa do idoso não lhe oferece infraestrutura adequada ou quando ele precisa de supervisão profissional em tempo integral.

Os familiares devem se conscientizar que levar o idoso para uma ILPI não significa isentar-se das responsabilidades. Além de cumprir com os compromissos financeiros (suprir os gastos necessários), devem estar sempre presentes para não romper os vínculos familiares e para verificar se o idoso está sendo bem assistido.

Desta forma, a institucionalização do idoso não significa de forma alguma abandonar e sim oferecer uma estrutura que não seria possível disponibilizar em casa. Lembremos que cerca de 80% dos acidentes com idosos ocorrem dentro da própria casa.

Enfim, cada caso deve ser avaliado e as medidas tomadas de acordo com a necessidade e condições do idoso e das famílias, sempre visando o melhor para aqueles que já se doaram tanto para o mundo e merecem respeito e uma velhice digna.

O Idoso e a Música

Para encerrar este post, eu não poderia deixar de falar de música!

Abaixo, coloco a relação de títulos de músicas que abordam a velhice. É só escolher!

Quando você ficar velho (Zé Rodrix)

O Velho (Chico Buarque)

O Homem Velho (Caetano Veloso)

O Velho Francisco (Chico Buarque)

O Velho e o Novo (Taiguara)

Carro Velho (Milionário e José Rico)

Preto Velho (Tião Carreiro e Pardinho)

A voz do velho (Gian e Giovani)

Velho Peão (Matogrosso e Mathias)

Velho Pai (Tonico e Tinoco)

Velho Ateu (Beth Carvalho)

Cajueiro Velho (Alcione)

Velha Demais (Bezerra da Silva)

Caco Velho (Elizeth Cardoso)

Velho Estácio (Cartola)

O Velho e o Moço (Los Hermanos)

Carro Velho (Hebert Viana)

Velho Demais (Placa Luminosa)

Velhice (Dorsal Atlântica)

Velho no Metrô (Karnak)

O Moço Velho (Roberto Carlos)

O Velho (Antônio Marcos)

Sapato Velho (Roupa Nova)

Velho, Profissão Esperança (Benito de Paula)

Velha Morena (Roupa Nova)

Saudades do meu Velho Pai (Padre Zezinho)

Pretos Velhos (Paulo Rodrigues)

Velho (Grupo Logos)

O Velho Homem (Militantes)

Blues do Velho João (Erlan Ribeiro)

Tropeiro Velho (Teixeirinha)

Cavalo Velho (Pinduca)

Velho Salvador (Tonino Arcoverde)

É Disso que o Velho Gosta (Berenice Azambuja)

Quando a velhice Chegar (Teixeirinha)

O Velho Agricultor (Luis Wilson)

Forró do Velho Inácio (Antônio Barros)

O Novo já nasce velho (O Rappa)

Coração Velho (Mastruz com Leite)

Velho Amigo (Ponto de Equilíbrio)

Breve Conto do Velho Babão (Jay Vaquer)

Velhos e Velhas (O Bando do Velho Jack)

Velho Jovem (Questão de Honra)

Velhos (Jane Fonda)

O Velho Homem ainda está na UTI (Sceptre 52)


Veja o post Musicoterapia e Idosos Institucionalizados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Blogger Templates