Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Jogos Musicais - Concentração





Jogar requer uma coordenação total de muitas funções, conciliando o pensamento,  as sensações e as ações.

Dando continuidade à série de jogos musicais, apresentamos na postagem de hoje os jogos de  concentração

Pertencente ao grupo de desenvolvimento das aptidões pessoais, os jogos de concentração estão muito próximos dos de escuta, portanto, uma boa escuta é fundamental. Para que os jogos tenham sucesso,atenção e disciplina são imprescindíveis. Pela natureza mais exigente, requerendo do participante atenção e disciplina integral, recomenda-se que os jogos de concentração não devam ser demorados, porém, a percepção e bom senso do professor ou musicoterapeuta é que determinarão a duração de cada jogo.

Atividades:
Telefone Árabe Musical - Sentados em círculo, um jogador inicia o jogo pensando em uma canção. Sem dizer nada, dá o ritmo da primeira frase batendo nas costas do seu vizinho. Este, por sua vez, transmite o mesmo ritmo para seu vizinho e assim sucessivamente até todos transmitirem o ritmo nas costas de todos, completando o círculo. Cabe ao último participante bater o ritmo em um objeto, instrumento ou mesmo palmas e assim comparar ao ritmo inicial. É comum a "deformação" do ritmo final. Cabe verificar se o ritmo proposto inicialmente não foi demasiadamente longo, neste caso, orientar uma próxima rodada com um ritmo mais curto. Caso a diferenciação ainda ocorra, estimular uma maior concentração dos participantes a fim de completar a rodada sem alteração do ritmo.

Quadro sonoro - Desenhe uma grande quadro com dezesseis partes (4 colunas de 4 casas). Pode usar uma lousa, uma grande folha de papel pardo, cartolina...use o material que for acessível (no caso de usar uma cartolina ou folha, leve os quadros já prontos).  Peça que cada participante, não mais que dezesseis (se for o caso, desenhe mais quadros!) pense em um som e o inscrevam nessas casas com lápis ou giz. Depois de todos escreverem, apague os sons repetidos, mantendo a casa em branco. O resultado obtido pode ser considerado uma composição e poderá ser lido da esquerda para a direita, partindo do canto superior esquerdo. O professor ou musicoterapeuta indica a sequencia da execução enquanto o grupo produz os sons, mantendo o silêncio nas casas em branco. Repita várias vezes variando o andamento.
Os sons inscritos podem ser desde figuras musicais, notas, até palavras e desenhos. É importante que, antes de começar a execução, os sons sejam previamente ensaiados. O número de repetições também deverá ser combinado. Muitas variantes podem ser introduzidas: mudanças de dinâmica, cânone a duas e três vozes...tudo depende da capacidade do profissional que está no comando da atividade.

História sonora - O grupo está sentado em círculo com vários instrumentos musicais no centro da roda. Um jogador inicia falando uma frase e insere um som -  por exemplo: Ontem estava caminhando pela rua então de repente ouvi um estrondo (e toca fortemente em um tambor) - o jogador seguinte repete a mesma frase e som e acrescenta outra, juntamente com um novo som, - exemplo -  Ontem...percebi que esse barulho vinha de uma casa aparentemente abandonada, toquei a campainha (som de sino, ou triangulo)..e assim por diante, até todos  falarem ou até onde for possível. Deixe os instrumentos no centro do círculo, que não deve ser muito aberto, para que todos tenham acesso fácil aos instrumentos.

Lembrem-se que as atividades podem ser realizadas por diversas faixas etárias, assim como pequenos e grandes grupos. Adaptações e mudanças devem ser realizadas de acordo com o objetivo e perfil dos participantes.

Acesse também a postagem que aborda os Jogos de Escuta.

Continue acompanhando o blog. Participe enviando seu comentário e sugestões!

Bom trabalho!









segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Semana da Musicoterapia




Dia 15 de Setembro comemora-se o Dia do Musicoterapeuta.

A data foi instituída por Antônio Fleury Filho, em abril de 1991, na época, governador de São Paulo. A comemoração, inicialmente válida apenas para o Estado de São Paulo, logo  foi estendida para todo o País.

O profissional Musicoterapeuta


O musicoterapeuta é um terapeuta que utiliza  a música com objetivos terapêuticos efetivos, através da observação, interpretação e intervenção de acordo com a problemática do paciente. 
Segundo a Federação Mundial de Musicoterapia (1996), o Musicoterapeuta é um profissional especificamente qualificado, tendo, no Brasil, sua formação oficialmente reconhecida pelo Conselho Federal de Educação em 1978 através do parecer 829/78 como curso de graduação ou pós-graduação.

Além das matérias específicas da área como Musicoterapia Aplicada e Teoria e Técnicas da Musicoterapia, em sua formação, o Musicoterapeuta estuda: Anatomia, Neuroanatomia, Neurologia, Psiquiatria, Psicologia, Psicopatologia, Filosofia, Sociologia, Expressão Corporal, História da Arte, História da Música, Percepção Musical, entre outras.

Conheça a Musicoterapia!

Se você quiser saber mais sobre a musicoterapia, nesta semana estarão ocorrendo vários eventos, como palestras e vivências práticas.

Confira alguns eventos em São Paulo:

SEMANA DE MUSICOTERAPIA NA FACULDADE PAULISTA DE ARTES: de 12 a 16 de setembro.

Programação:

segunda - 12:
Abertura: Pouporri: Baião (Luiz Gonzaga), Asa Branca (Luiz Gonzaga) e Anunciação (Alceu Valença) com os alunos do 6° e 8° semestre de musicoterapia.
Palestra: "A intervenção da Musicoterapia e da Fonoaudiologia nas Lesões Encefálicas Adquiridas" (Queila Oliveira e Maria Gabriela Pereira)

terça - 13: "O violão orff no seting musicoterápico" (Rodrigo Santos) obs: quem tiver, levar o violão.

quarta - 14: " A música e o sujeito na história - concerto didático" (Rodrigo Reis)

quinta -15: " A música perigosa: Das sereias aos Abusadores de Substâncias” (William Paiva)

sexta - 16: "Musicoterapia e Autismo" (Leandra Souza)

TODOS ESTÃO CONVIDADOS! (Entrada gratuita)
as palestras iniciam as 19:30

SEMANA DE MUSICOTERAPIA - Espaço Essência Terapêutica
12 a 15 de Setembro de 2011
Evento Gratuito

12/09 – Segunda-Feira
13 – 14hs – Apresentação do Espaço Essência Terapêutica
14 – 15hs – Workshop – O que é musioterapia?
15 – 15:30hs – Coffee break
15:30 – 16:30hs - Vivência Musicoterapêutica com o
MT Marcelo Perestrelo
16:30: – 18hs – Apresentação livre do espaço

13/09 – Terça-Feira
09 – 10hs – Apresentação do Espaço Essência Terapêutica
10 – 11hs – Vivência Musicoterapêutica
11 – 14hs – almoço
14 – 16hs – foro de debate
16 – 20hs – Workshop: “Musicoterapia Vibroacústica” com o MT Roger Carrer.

14/09 – Quarta-Feira
13 – 14hs – Apresentação do Espaço Essência Terapêutica
14 – 15hs – Workshop – O que é musioterapia?
15 – 15:30hs – Coffee break
15:30 – 16:30hs - Vivência Musicoterapêutica com o
MT Marcelo Perestrelo
16:30 – 18hs – Apresentação livre do espaço

15/09 – Quinta-Feira
09 – 10hs – Apresentação do Espaço Essência Terapêutica
10 – 11hs – Vivência Musicoterapêutica com o
MT Marcelo Perestrelo
11 – 14hs – almoço
14 – 20hs – Workshop: “Musicoterapia Vibroacústica” com o MT Roger Carrer
Local: Av. Nova Independência, 651 – Brooklin Novo – SP
Inscrições: (11) 2825-9306 / 9868-4891 (Marcelo)
Email: essenciaterapeutica@hotmail.com

Você ainda pode participar de uma roda de tambores com o musicoterapeuta Paulo Suzuki

Sexta - 16 de Setembro , as 21:30.

Local: UlaBiná - Av São Camilo, 288, Granja Viana, Cotia, SP
Facilitador: Paulo R. Suzuki, MT - DCF, HealthRHYTHMS Trained

Se preferir, traga seu tambor.

Evento Gratuito.






Se programe e aproveite!


segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Musicoterapia na Tv



Na postagem de hoje, divulgaremos duas matérias apresentadas na televisão sobre musicoterapia.

Na primeira matéria, exibida na Tv Cultura SP, a musicoterapeuta Luisiana B. França Passarini ressalta a importância da música nas respostas emocionais e fisiológicas dos indivíduos atendidos, assim como as recentes pesquisas e descobertas da neurociências a respeito dos efeitos da música no cérebro humano.

Graduada em musicoterapia – UniFMU - São Paulo, Luisiana é Sócio-fundadora do Centro de Musicoterapia Benenzon Brasil (CMBB) Magíster no Modelo Benenzon de Musicoterapia – Buenos Aires – 2008. Possui cursos de extensão em: Psicogerontologia, Teoria do Amadurecimento de Winnicott e Sujeitos da Psicanálise –PUC e Funcionamento Familiar –SEDES. É ainda coordenadora do Projeto Musicando - Música no Desenvolvimento Infantil e pós-graduanda em Psicopatologia e Saúde Pública com enfoque na Criança e Adolescente - FSP/USP.

Assista o vídeo:





Outra matéria exibida no Globo Repórter, musicoterapeutas do Rio de Janeiro (Conservatório Brasileiro de Música - RJ) demonstram a importância da música no tratamento e alívio da dor crônica.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Blogger Templates