Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

domingo, 4 de dezembro de 2011

Jogos Musicais - Jogos de aproximação e de apresentação


Em continuidade da série Jogos Musicais, baseados no livro 100 Jogos Musicais - Coleção Práticas Pedagógicas, apresentamos hoje os jogos de desenvolvimento da sociabilidade.

Como nos grupos apresentados anteriormente, os Jogos de Desenvolvimento da Sociabilidade são formados por um conjunto de jogos, subdivididos em:
  • Jogos de aproximação e de apresentação
  • Jogos de comunicação
  • Jogos baseados na confiança
São jogos que buscam reforçar e favorecer a unidade do grupo, bem como a comunicação. De acordo com o jogos escolhido, poder-se-á assistir e desenvolver os processos de dinâmica de grupo e visam:

  • aprender a conhecer-se (auto conhecimento);
  • a pôr-se a vontade (espontaneidade);
  • vencer a timidez;
  • criar um sentimento de segurança;
  • desenvolver a auto confiança;
  • compartilhar os próprios sentimentos assim como dos outros;
  • assumir risco;
  • e tantos outros objetivos que o educador ou musicoterapeuta puder traçar.
Embora estes jogos sejam especialmente concebidos para os primeiros encontros, poderão ser realizados posteriormente, sempre que se considerar a necessidade de um reforço na harmonia do grupo.

Jogos de aproximação e de apresentação
 

São jogos que estimulam a espontaneidade e o prazer  dos participantes, dando-lhes a oportunidade de se aproximarem uns dos outros, evoluindo em uma situação livre e natural.

Caracteriza-se por sua estrutura simples e de curta duração. Normalmente baseiam-se em jogos conhecidos,  como o jogo da cadeira e sempre requerem a participação de todos.

Os jogos

  • Estação pirata -  Materiais Utilizados: instrumentos diversos e um apito - Os participantes são divididos em três grupos - Os emissores, os receptores e os "piratas". Os grupos de receptores e emissores ficarão dispostos em paredes opostas da sala separados pelo grupo de piratas. Os emissores combinam entre si uma canção conhecida que deverá ser transmitida aos receptores dispostos do outro lado, somente a melodia, sem letra. Com a ajuda de um apito, o educador ou musicoterapeuta dá o comando para iniciar a transmissão, ao mesmo tempo, os "piratas" passam a tocar seus instrumentos que somente eles dispõem, afim de que a mensagem não seja reconhecida pelos receptores. Após alguns segundos (cerca de 30 seg.) o apito novamente é tocado dando fim a transmissão. Só então os receptores demonstram se conseguiram reconhecer a canção entoada pelos emissores. Trocam-se os papéis até que todos participem dos três grupos.
  • À Procura da própria canção - Material: Folhas de papel. Antecipadamente, o educador/musicoterapeuta escreve o título de três canções bem conhecidas (Ex Marcha Soldado, Atirei o pau no gato, Cai cai balão) dividindo nos papéis em partes iguais (se possível). É importante que cada canção seja escrita mais de uma vez. Distribui-se as folhas dobradas para cada participante e ao comando do mediador, todos passam a cantar a canção escrita na folha recebida ao mesmo tempo que caminham pela sala. O objetivo é reconhecer  quais estão cantando a mesma canção, e ao fim do jogo, três grupos deverão estar reunidos.
  • Apanhemo-nos com música - Material: Apito ou flauta. Este jogo deverá ser realizado em um espaço amplo, de preferencia em campo aberto como uma quadra ou jardim. O espaço deve ser delimitado e divido em dois, como num campo de queimada. Divide-se os participantes em dois grupos. Um participante é escolhido para iniciar o jogo tocando a flauta ou apito. Este jogador deve tomar folego e sustentar uma nota pelo máximo de tempo sem pausas. Enquanto soa a nota, lhe é permitido passar ao campo 'adversário' e apanhar o máximo de 'inimigos' que conseguir (os inimigos tocados sairão do jogo).  Aos inimigos é permitido fugir, porém, sem sair do seu campo. Quando o participante que está tocando o instrumento sentir que não aguenta mais soar a nota, deve imediatamente voltar para a segurança do seu campo, caso não consiga chegar ao seu campo a tempo, será desclassificado e seus prisioneiros poderão voltar aos seus próprios campos e continuar o jogo.

Os jogos propostos são apenas sugestões e podem ser alterados e adaptados, conforme a clientela, o número de participantes, a faixa etária e os objetivos.

É isso, bom trabalho a todos!

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante, todos que são publicados são respondidos, mas antes de escrever, leia as normas do blog:

Você pode: Opinar, elogiar, criticar, sugerir, debater e discordar.
Mas NÃO PODE ofender, insultar, difamar, divulgar spam, fazer racismo, ou qualquer tipo de conteúdo ilegal, além de usar palavras de baixo calão.

Obrigada por sua participação, fico na expectativa de seu retorno!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Blogger Templates